Como escolher o melhor personal trainer para seus treinos

Treinar sob a orientação de um personal trainer traz vários benefícios para os alunos e melhores resultados

Treinar sob a orientação de um personal trainer traz vários benefícios para os alunos e melhores resultados. Além de montar uma rotina de atividades específica, o profissional acompanha todo o treino, ajustando conforme a evolução ou dificuldade do aluno.

A presença do personal vai além do que acontece exatamente em uma academia. É também um fator motivacional. Afinal, se o aluno estiver cogitando faltar à aula, vai pensar duas vezes: o profissional já está o esperando para o treino.

Encontrar um bom personal trainer pode não ser algo fácil, diante de tantas opções no mercado. Mas queremos te ajudar a achar um bom profissional. Confira nossas dicas!

Treine com profissionais formados

O primeiro passo para contratar um profissional é saber se ele é formado em educação física, se está registrado no Cref (Conselho Regional de Educação Física). Com esse registro, você já sabe que ele está apto a trabalhar na área. 

Confira suas qualificações

É hora de checar o currículo do profissional. Veja quais são os seus métodos de treinos e especializações: às vezes o professor pode até ser muito bom no que faz, mas não atende às suas expectativas. 

Por exemplo: uma gestante pode estar procurando um personal trainer que seja expert nesta área. Ou um atleta que busca um professor que trabalhe com alto rendimento. 

Veja as referências

Essa é uma das principais dicas. Converse com amigos, peça indicações e descubra qual profissional está sendo o mais recomendado. A própria academia pode indicar um personal trainer para você!

Faça uma aula teste

Veja com o personal trainer se é possível agendar uma aula para você ver como é o seu trabalho. Neste dia, procure tirar todas as dúvidas, inclusive como funciona a questão de reposição de aulas caso você precisar faltar alguma vez.

Ele precisa te ouvir

Um bom profissional é aquele que está sempre conversando com os alunos e escutando o que eles têm a dizer, para poder ajustar os treinos quando necessário. É preciso ter prazer durante a atividade física e, se o treino se transformar em algo chato e obrigatório, será preciso rever todo o conceito. O personal trainer precisa também dosar as expectativas dos alunos, que muitas vezes querem um resultado a curto prazo.