set 29, 2020

|

por: TCJU

|

Tags: concentração, tenis, Tênis Clube Jundiaí, torneio

7 dicas para manter a concentração em uma partida de tênis

A concentração é um fator importante para um tenista ter sucesso na carreira

Um tenista vencedor não chegou ao topo à toa. Para alcançar o sucesso, o atleta precisa ter diversas qualidades e características, como um bom condicionamento físico, habilidade com a raquete e concentração.

Sim, a concentração é uma das principais virtudes de um tenista campeão. Para começar, é preciso ter foco e disciplina para gerir sua própria carreira. Mais que isso, essas habilidades precisam estar o tempo todo dentro de quadra. Um jogador desmotivado e que não consegue se concentrar no jogo dificilmente vai ter sucesso na carreira. 

Não é à toa que, na hora que uma partida começa, a torcida precisa ficar em silêncio. Também é proibido, por exemplo, que os jogadores exagerem nos gritos durante as partidas. Há várias causas para uma perda de concentração e, quanto menos barulho externo, maior o desempenho do profissional (ou amador).

Para ajudar no seu jogo, separamos aqui 7 dicas para você ter melhor concentração em quadra:

1 – Cuidado com a ansiedade

Além do adversário em quadra, a ansiedade pode se tornar uma rival se você não conseguir se controlar e começar a pensar em outras coisas no meio do jogo. 

Controlar a respiração é um dos exercícios que ajudam a baixar a ansiedade durante a partida. Tente não se desesperar, por exemplo, se estiver atrás no placar. Se estiver ganhando, também não fique afobado – na pressa de querer fazer um ponto, talvez você cometa algum erro bobo e, com isso, o jogo pode virar.

2 – Foque no momento atual

Uma dica que tem tudo a ver com a ansiedade. Esqueça todos os problemas fora de quadra, evite pensar no que vai fazer depois do jogo. O seu momento é aquele dentro das linhas, com a raquete na mão e o adversário do outro lado da rede. 

Mais do que isso, tente sempre pensar no ponto que está sendo jogado. De nada adianta pensar no set seguinte se naquele que você está ainda não acabou. A concentração deve ser sempre 100% e esse autocontrole mental é importantíssimo!

3 – Olho na bolinha

Parece dica para principiante, mas acredite: tem muita gente experiente que, por diversos motivos, se esquece do foco principal e, em algum momento, olha para a arquibancada, para o juiz ou para o adversário quando a bola já está chegando.

Até golpeá-la com firmeza, tenha isso em mente: olho na bolinha!

4 –  Treine seu foco

Provavelmente você deve saber o que tira sua concentração na hora do jogo. Treine isso!

Se você se distrai com a torcida, por exemplo, você pode pedir para que alguém fique passando pela quadra (ou até falando alto) na hora que estiver treinando, para tentar se acostumar e não se irritar com barulhos e movimentos externos. 

5 – Pense positivo

Em uma partida, muitas vezes um atleta se vê em situação de revés. Por exemplo, um 0-40 em um game. Quantas vezes já vimos alguém reverter um placar que parecia impossível e ganhar um jogo? Concentre-se naquele momento, acredite em você e faça o seu melhor!

6 – Não se irrite

Ficar irritado com um erro seu (ou com o juiz) é um dos principais equívocos de um tenista e uma das consequências é a perda da concentração. Mantenha a calma, respire, ‘converse’ consigo mesmo: tente descobrir porque errou um lance fácil, por exemplo, e busque melhorar no ponto seguinte.

7 – Bom preparo físico

No esporte, a capacidade mental está atrelada à capacidade do corpo. Como já vimos, a concentração se perde muitas vezes por motivos simples, como a perda de um ponto. E, com bom preparo físico, as chances de vitória aumentam. Mais rápido em quadra, conseguindo chegar em todas as bolas, mais focado você estará para aguentar uma partida inteira.